Áurea Ribeiro elogia Estado e municípios pela realização de festejos juninos
03/07/2024 10:28 em Últimas Notícias

A deputada Áurea Ribeiro (Republicanos) subiu à Tribuna, nesta terça-feira (2), para elogiar todos os festejos juninos de Sergipe. Ela falou que a realização destas festas é importante para garantir rendimentos aos moradores do estado.

“Se Sergipe é o país do forró, todo o estado comemora junto São Pedro e São João, e foi sucesso absoluto. Várias cidades prestigiaram os nossos festejos e nossa cultura. Não é fácil fazer um evento, é muito complexo”, afirmou.

Ela parabenizou o Governo do Estado e todos os municípios que contrataram artistas da terra para animar os shows. A parlamentar citou a Festa do Mastro e o Festival da Mandioca como exemplos de boa realização de eventos.

Deputado Adailton Martins

“Festa é primordial para o desenvolvimento econômico e social das nossas cidades e estado. Temos que ter festa também porque a nossa economia se desenvolve no salão de beleza, na culinária e em todos os setores do nosso estado, é também um momento de divulgar as nossas pratas da casa, os nossos artistas”, acrescentou.

Também na Tribuna, o deputado Adailton Martins (PSD), falou que o turismo fomenta a geração de renda dos sergipanos, já que todos os setores da economia são alcançados de diferentes formas com a vinda de turistas de vários lugares.

“Conseguimos um sonho que era transformar Sergipe em um ponto turístico e estamos conseguindo trazer os turistas. Nós vimos o quanto gerou de emprego para os motoristas de Uber e táxis, os depósitos de bebidas, os salões de beleza. Eu mesmo dancei tanto forró que tive que consertar o sapato, então até o sapateiro”, afirmou.

O parlamentar disse que torce para que, no próximo ano, as festas do interior possam contratar artistas conhecidos nacionalmente para que os turistas conheçam a cultura e as cidades sergipanas e levem renda para os municípios.

Deputado Georgeo Passos

Em aparte, o deputado Georgeo Passos (Cidadania) citou uma matéria publicada na imprensa que diz que a geração de postos de trabalho com carteira assinada no estado é pequena. Ele falou que foram criadas 723 novas vagas, enquanto na Bahia 8785 novos empregos foram gerados.

“A gente aguarda até hoje aquelas fábricas de trator e de outras coisas, não sei se a pedra inaugural dessas fábricas já foi inaugurada, mas só para contribuir”, afirmou Georgeo Passos.

O deputado Marcos Oliveira (PL) explicou que defende a realização de eventos como o São João, mas que outros pontos também sejam pensados, a exemplo da saúde e geração de emprego duradouros e não apenas durante a festa.

Deputado Marcos Oliveira

“A gente até reconhece a intenção, tivemos lotação de público, festa organizada e boa, as pratas da casa fizeram a noite mais valorizada e buscada pelo povo sergipano porque temos artistas de renome. Mas queremos também o dever de casa”, afirmou.

Na Tribuna, o deputado Cristiano Cavalcante (União Brasil) mostrou o balanço do último final de semana, quando o município de Capela realizou a festa de São Pedro. A Festa do Mastro é Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe.

“São 85 anos desde a primeira Festa do Mastro. Hoje, o festejo leva consigo milhares de pessoas em cortejo ao longo de todo o seu percurso, culminando na queima do mastro, no centro da cidade. Mais do que uma festividade, a busca do mastro é a culminância dos folguedos e manifestações da cidade que percorrem todo o mês de junho com uma energia única, que conquista e apaixona cada um que a conhece”, afirmou.

Deputado Cristiano Cavalcante

O deputado ainda falou sobre o Arraiá do Povo, que contou, durante os trinta dias de junho, com uma programação de noventa e cinco shows, que atraíram um público de mais de 750 mil pessoas. Estes números geraram renda.

“Este ano, por meio do Arraiá do Povo, tivemos a consolidação de Sergipe enquanto destino neste período. A prova disso está nos dados da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira de Sergipe, que apontou uma previsão de ocupação para o mês de junho chegando a 97% no período de São João e São Pedro, com uma ocupação média de 70%”, acrescentou.

As declarações ocorreram durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Fotos: Jadilson Simões/Agência de Notícias Alese

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!